As praias mais belas: Roteiro de 3 dias em Milos

Milos24

Estava pensando em como começaria esse post… Milos foi de longe o lugar mais lindo e apaixonante que passamos na Grécia! Uma ilha não muito famosa como Mykonos e Santorini e mesmo assim com as praias mais lindas que já vimos! Não sei se vou conseguir expressar com palavras o quanto amamos Milos mas se eu não conseguir tenho certeza que as fotos convencerão! rs

O fato é que a Grécia é daqueles lugares espetaculares do mundo que não cansam os olhos nem dos mais viajados turistas! E Milos… ahhhh Milos não cansa em nenhum momento! A beleza da cor do mar que muda a cada praia que você passa, a gentileza e receptividade das pessoas…tudo em Milos é encantador!

Então vamos lá… Primeiro dia:

Saímos de Atenas as 7h do dia 06 de Agosto, pegamos um ferry em Piraeus e a viagem foi bem tranquila… se não me engano o ferry parou em apenas uma ilha antes e a segunda parada foi no porto de Milos às 09h25.

Chegando em Milos tínhamos um transfer nos esperando que foi a maior decepção, pagamos antecipadamente e chegando lá descobrimos que o hotel que estávamos hospedados ficava há uns 500m do porto! Ou seja poderíamos ter ido a pé e economizado esse dinheiro…

Enfim, nos hospedamos no Lagada Beach Hotel. O hotel ficava a beira mar com um acesso privativo a praia, uma piscina razoavelmente grande e um ótimo atendimento. Super recomendamos esse hotel, só atentem-se para a escolha do quarto, havíamos solicitado quarto com cama de casal e ao chegar lá só tinha quarto com camas de solteiro. Outro ponto que vale ressaltar aqui, alguns quartos ficam no segundo ou terceiro andar e o hotel não tem elevador… então denovo, procure levar malas pequenas e se resolver se hospedar nesse hotel veja a possibilidade de um quarto no térreo.

Algumas fotos do hotel:

Milos_Hotel Milos_Hotel1 Milos_Hotel2 Milos_HotelPiscina

Chegando no hotel ainda não estava na hora do check-in mas nos ofereceram o café da manhã e um local para deixarmos as malas. Tomamos café, nos trocamos e fomos buscar a moto que já havíamos reservado. O meio de transporte mais comum nas ilhas é o aluguel de motos ou quadriciclos porque como já comentei no post de Dicas, o transporte público/taxis (principalemnte em alta temporada) é muito escasso e você corre o risco de perder muito tempo esperando. Como o Du já dirige moto há muito tempo e era a opção mais barata, optamos por moto em todas as ilhas (Aqui foram 54 euros para os 4 dias – www.milosrides.com).

O local onde alugamos em Milos ficava há poucos metros do porto, então fomos caminhando até lá num sol de pelo menos 35 graus! Sim, em Agosto é alta temporada, verão europeu e faz MUITO calor! Lembrando que a moto/quadriciclo é sempre bom reservar antes… quando chegamos no local vimos pelo menos dois casais procurando aluguel e ouvindo em todas as lojas que estava tudo esgotado! (Lembrando que Milos é uma ilha pequena, logo as opções são reduzidas).

Moto alugada, paramos para abastecer, pegamos um mapa da ilha e fomos para a primeira praia: Sarakiniko.

Milos1_1

Assim que chegamos em Sarakiniko o visual já foi encantador! A praia fica no meio de duas rochas bem brancas que em contraste com o azul do mar deixam a paisagem ainda mais linda! Como não tem areia, você coloca as coisas em cima de uma das pedras e se joga na água! E já aviso, a água é gelada mas, com aquele azul e com aquele calor ela fica irresistível!

Milos7 Milos4 Milos1

Depois de algum tempo no mar bateu um friozinho e eu sai, mas o Du ainda foi explorar a outra pedra que estava no meio das duas rochas… depois se couber eu posto o vídeo dele pulando dela!rs

Milos3 Milos2

Após pouco mais de uma hora resolvemos ir embora e procurar algum lugar para almoçar, Sarakiniko é uma das praias mais recomendadas e mais bonitas de Milos porém ela não tem nenhuma infra-estrutura, o único trailler que havia por lá vendia apenas bebidas e estava lotado.

Seguimos para Firopotamos e no caminho foi quando já tivemos uma excelente impressão da receptividade do grego, paramos no acostamento para olhar o mapa e um cara todo prestativo parou também perguntando se precisávamos de ajuda! Inacreditável né? Isso deveria ser comum mas como não estamos acostumados ficamos impressionados!

Depois da explicação, chegamos na praia e encontramos um restaurante aparentemente simples mas bem cheio e com um quadro de recomendação do tripadvisor na porta. Ali comemos um polvo maravilhoso e um queijo feta a milanesa excelente! Não lembro o nome do local, mas era o único que tinha por ali… depois o Du fala sobre ele na sessão de gastronomia!

Após almoçarmos não resistimos a paisagem e caímos no mar novamente! Aqui a praia parecia um porto, tinha uma plataforma, o mar no meio e ao redor as casinhas coloridas. Nem preciso falar novamente que é lindo né?! Acho que estou ficando repetitiva…rsrs

Milos5 Milos11 Milos12 Milos8 Milos10 Milos6

Mais uma hora aqui e voltamos para o Hotel, como na Grécia o sol só vai embora depois das 20h ainda deu tempo de curtirmos a piscina do hotel.

Mesmo depois de tudo isso ainda resolvemos seguir as recomendações dos moradores e ir jantar em Pollonia. O bairro fica em um dos extremos da ilha, há uns 20min do porto, o mais longe que se consegue chegar na ilha já que ela é realmente muito pequena.

Em Pollonia há diversos restaurantes beirando o mar, e chega a ser até difícil escolher um! Como não recebemos recomendação de nenhum em específico, optamos pelo o mais cheio! Comemos uma lagosta maravilhosa no Gialos! Como lagosta não costuma ser barato em lugar nenhum o jantar saiu um pouco caro mas valeu cada euro!

Milos13

Depois desse dia cansativo mas gratificante, voltamos para o hotel. No dia seguinte teríamos um tour de barco o dia inteiro pela ilha.

Dia 2:

Acordamos no dia 07 bem cedinho, tomamos café da manhã e seguimos para o porto de onde sairia nosso passeio de barco. O tour começava as 9h e terminaria as 20h depois de percorrer toda a costa Oeste da ilha até Kleftiko. Sim, 11h dentro de um catamarã! rs

Compramos o passeio online no site também com antecedência já que só teríamos esse dia para o tour: http://www.sailcatgreece.com/daily-trips/daily-trip-2

Mesmo que você não goste de barco, vale muito a pena fazer pelo menos um dos passeios! Acredite vai ser incrível!

Bom, saímos as 9h e navegando em todo o litoral, passamos pela tradicional vilas de pescadores de Skinopi, Klima, Areti e Fourkovouni com as casinhas coloridas chamado “sirmata” (construído ao lado do mar).

Milos14
Na sequência, passamos por Arkoudes, um complexo de rochas de lava, que leva o seu nome pela sua forma característica de um urso.

Milos33

Seguindo para noroeste vimos a praia de Plathiena do lado direito e do nosso lado esquerdo duas pequenas ilhas chamadas
Akradies.

Abriram as velas e chegamos às ilhas vulcânicas únicas, chamadas Glaronisia, às 10:00. Aqui fizemos o primeiro mergulho em
águas incrivelmente claras.

Milos_Glaronisia

Na volta do mergulho, o capitão estava servido uns lanches a bordo antes de nossa partida, às 10:30 para a ilha paradisíaca de Poliegos.

Milos_Poliegos Milos15

Chegando lá as 11h45, as águas cristalinas nos convidaram para o famoso “Galazia nera” (piscina infinita).

 

Milos17 Milos16

Ficamos aqui por 45 minutos e partimos as 12h45. Navegamos em direção a praia de Firligos onde as 13h15 paramos para mais um mergulho de aproximadamente 30 minutos.

Na volta o capitão servia algumas frutas a bordo e as 14h45 seguimos ao longo da costa sul da ilha passando por Paleochori e Agia Kiriaki.Navegando ao longo da costa sul da ilha, passamos pela praia inacessível de Gerakas -chamada também de “Ammotsoulithres” e paramos por mais 30 minutos.

Enquanto mergulhávamos o capitão preparava um almoço com iguarias locais acompanhadas do Ouzo e Vinho.

Saimos às 15h45 para Kleftiko e às 16h15 quando chegamos,o almoço já estava pronto e foram servidos saladas, frutos do mar e pratos tradicionais da ilha, um verdadeiro banquete para ninguém botar defeito (nem mesmo eu que sou super fresca para comer rsrs)!

Milos24 Milos23 Milos22 Milos21

 

Milos20 Milos19 Milos18

Aqui permanecemos 1h30 para explorar as cavernas da ilha e às 17:45 partimos para um passeio às praias do litoral de Milos ocidental (Sikia, Agios Ioannis, Triades, Agathia). Ao final ainda desfrutamos de um lindo pôr do sol a bordo acompanhado de sorvete e retornamos para o porto às 20h.

Milos25 Milos26

Acho que aqui as fotos falam melhor… foi um passeio bem cansativo por ser o dia inteiro mas com paisagens que valeram cada centavo do passeio e cada minuto balançando no mar!

Chegando no porto ainda paramos na famosa doceria “Aggeliki” e nos deliciamos com um gigantesco waffle e um doce de massa folhada! A doceria é tão tentadora que chega ser difícil escolher apenas um doce!

Voltamos para o hotel e lá pelas 23h retornamos ao porto para comer um Souvlaki que é um típico lanche grego bem barato (custa aproximadamente 5 euros) e pode ser feito de carne, frango ou carne de porco, geralmente vem com salada, queijo e batata frita dentro do pão . É bem saboroso e lembra um wrap. O melhor de tudo, serve para matar a fome com um excelente custo benefício.

Assim terminamos o nosso segundo dia na ilha, com lembranças de praias inesquecíveis.

Dia 3:

Na manhã do dia 08 resolvemos acordar mais tarde e descansar um pouco mais já que os dias anteriores tinham sido bem cheios. Tomamos café da manhã as 10h e seguimos para a praia Tsigrado.

Já havia lido sobre Tsigrado por ser uma praia de difícil acesso, que teríamos que descer por uma cordinha no meio de uma rocha e seguir por uma escada. E foi exatamente assim:

Milos29 Milos28

Nada impossível, na praia tinha desde crianças a senhores! Então não se assustem, é um pouco difícil, requer um pouco de cuidado mas a praia vale a pena!

Milos27 Milos30 Milos_Tsigrado

Depois de 1h30 aqui encaramos a escadinha e a corda para a subida e seguimos para Firiplaka que é a próxima praia com mais infra-estrutura.

Em Firiplaka pagamos 10 euros por 2 cadeiras e um guarda sol e ficamos por aqui um pouco mais de uma hora.

Milos32 Milos31

Daqui partimos para Paleohori e almoçamos por lá. Confesso que depois das praias lindas que vimos no passeio de barco Paleohori não tinha nada de mais, era uma praia mais tranquila mas normal, sem muitos destaques.

Depois retornamos para a cidade, devolvemos a moto e terminamos o dia na piscina do hotel. Jantamos no porto novamente e voltamos para arrumar as coisas já que no dia seguinte as 09h35 partiríamos para Santorini.

Bom isso foi Milos! Espero ter conseguido encantar a todos e mostrar o quanto esse lugar é maravilhoso! É um dos lugares únicos que sem dúvida voltaríamos! Se você gosta de praia aqui sem dúvidas estão as mais belas e se você quer um lugar na Grécia mais tranquilo, essa ilha é a escolha certa!

E você conheceu Milos? Dê as suas dicas também nos comentários!

No próximo post a ilha dos apaixonados: Santorini!

Até mais!

 

Beijos

Tata

 

 

 

Tags from the story
, ,
Written By
More from Tata Masini

3 dias na Ilha dos Apaixonados: Santorini!

Santorini é uma das ilhas mais famosas do grupo das Cíclades, conhecida...
Read More

6 Comments

  • Adoramos as fotos e o texto, vamos a Milos em Junho e da la para Santorini, vi que vcs pegaram o ferry as 9:30, sabem se outros horarios mais tarde?

    • Olá Cleber, desculpe a demora para responder mas o seu comentário se perdeu no meio dos SPAMs (SORRY!). Existem varias empresas que fazer vendem os tickets para a travessia, mas normalmente todas as passagens são bem cedo. Da uma olhada neste site http://www.goferry.gr, eles são um dos mais organizados (no final, o barco em si é o mesmo para todos, mas este site é legal). Não demorem muito pra comprar, porque esta época é bem cheio…

      Aproveitem, as ilhas são lindas

  • Olá, vou para Milos em julho.
    Adorei as dicas e com certeza vai me ajudar a montar o roteiro.
    Fiquei com um dúvida sobre locomoção, não existe como usar transporte público? Tenho apenas carteira B e não tenho PID, tenho medo de não conseguir alugar um carro e ficar sem conhecer lugares por falta de transporte.
    Obrigada desde já =)

    • Olá Isabela, na verdade você não precisa de PID não… Realmente recomendamos alugar algum transporte (se não um carro ou moto, porque não um quadriciclo?!?!) Sinceramente, transporte público não vimos não… Boa Viajem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *